Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

01
Nov16

À conversa com... Andreia e Filipe

Hoje decidi que é dia de celebrar o amor, por isso no "À conversa com..." desta semana decidi convidar não uma pessoa especial, mas para mim o Casal do Ano!!! É obvio que é um Casal muito especial. Ainda para mais quando hoje celebram 1 mês de aniversário. Parabéns meus queridos amigos por esta data tão especial, que eu sei do fundo do coração, que vão sempre estimar e tê-la em conta para o resto dos vossos dias.

IMG_0037.jpg

O porquê desta conversa? Porque além de hoje celebrarem um mês de casamento, é uma forma de partilharem com a vossa família, amigos e com os meus leitores os preparativos do vosso casamento, os momentos mais divertidos, aqueles que nunca irão esquecer e fazerem-nos inveja com relatos da vossa inesquecível lua de mel. Além de que ter esta conversa escrita e publicada é uma forma de vos homeagear e de mais uma vez vos agradecer pela vossa amizade, por ter estado convosco nos últimos anos, por ter testemunhado o vosso casamento e por saber que irei estar durante muitos mais.  

Vocês são um exemplo de casal e quero muito que inspirem outros tantos casais.

day.jpg

 O casamento é um dia da nossa vida, em que dedicamos muito amor, alegria e aceitamos o compromisso perante o nosso mais que tudo. Mas não é apenas um dia, é sim uma viagem que devemos olhar com atenção, estimar até ao último minuto e partilhar com quem nos faz feliz e faz  (e faz por fazer) parte desta felicidade.

 

Sejam felizes meus queridos Amigos: Andreia e Filipe!!

 

Sejam bem vindos a este meu cantinho, tenho um imenso orgulho em vos ter aqui comigo hoje e agradeço de coração.

Vamos começar?

Celebram hoje o primeiro mês de casamento. Passados 30 dias qual é o balanço que fazem desde dia 1 de outubro?

Ela: Foi um dia alucinante, repleto de emoções, cheio de alegria e acima de tudo com muita paixão por estarmos junto da nossa família alargada que nos conhecem e com quem temos o privilégio de partilhar as nossas vidas. O clichê que o dia passa a correr é de facto verdade, mas julgo que o conseguimos aproveitar da melhor maneira e 1 mês depois continuo com o mesmo sorriso ao recordar aquele que foi, de facto, um dia tão especial nas nossas vidas e que seja #atéaos100!

Ele: O dia 1 de Outubro, será certamente o dia que irei gravar para sempre na minha memória. Primeiro, porque foi o dia em que casei com a mulher mais linda e fantástica que conheço e segundo porque dificilmente voltaremos a conseguir reunir num único evento a nossa família e todos os nossos amigos mais chegados. Passados 30 dias do grande dia e 1 semana de termos voltado da lua de mel continuamos embriagados com a euforia e a magia daquele dia 01/10 pelo que o balanço apenas pode ser extraordinário.

 

 

O vosso casamento, no qual tive o enorme prazer de estar presente e de fazer parte, foi pensado detalhe a detalhe, momento a momento.

Qual foi a tarefa que consideram ter sido a mais aborrecida que tiveram de fazer?

Ela: Não consigo categorizar nenhuma tarefa como  “aborrecida”, mas talvez a que nos deu mais dores de cabeça foi a execução do nosso sitting plan e a distribuição dos convidados das mesas. 48h antes do grande dia estávamos ainda a decidir e a pregar nomes nas rendas de cada mesa. Foi uma loucura, mas valeu tanto a pena porque hoje é uma recordação que temos do nosso dia e está cheia de amor que a minha Mãe depositou em cada renda que fez.

Ele: A mais aborrecida foi definitivamente a distribuição dos convidados pelas mesas e a escolha da decoração das flores.

IMG_1096.JPG

A tarefa mais divertida?

Ela: A mais divertida,  talvez o nosso momento de dança a dois, não só no dia em si, mas porque durante as aulas que tivemos e descobrimos que até temos algum jeito para o jinga-jinga. No meio do stress que são os últimos dias, as aulas de dança foram como uma lufada de ar fresco de muita risota e muita cumplicidade.

Ele: Claramente que a mais divertida foi o momento da Dança, tanto com a Andreia como posteriormente com os Padrinhos, que nos permitiu soltar uma belas gargalhadas, mesmo com todo o stress dos últimos dias.

 

E aquela que não estavam à espera e foi uma tarefa sensacional?

Ela: Para mim a mais sensacional foram os booklets que deixámos nas mesas para os convidados lerem com um pouco da «nossa história». O ponto alto a homenagem aos nossos Avós que já partiram e consequentemente aos nossos Pais. Foi muito gratificante vermos como as pessoas reagiram aos textos que escrevemos. Tenho ainda de acrescentar o quanto também foi sensacional assistirmos a toda a dedicação das nossas madrinhas/padrinhos na preparação das inúmeras surpresas que tivemos durante a Festa. Foram momentos muito divertidos que vamos guardar para sempre!

Ele: Além de ter achado a mais divertida, a dança foi aquele momento que mais me surpreendeu pela positiva. Sempre fui um “pé de chumbo” e achei que as aulas de dança iam ser aborrecidas, mas tal como disse anteriormente a Dança acabou por ser muito divertida e também uma forma de nos relaxar no meio da azafáma do dia a dia.  

 

O dia 1 de outubro foi sem dúvida um dia muito especial para vocês e será sempre recordado no vosso coração.

O que é que faltou? O que é que foi extra para lá de maravilhoso? E a maior surpresa de todas?

O que tinham feito de forma diferente?

Ela: Acima de tudo, faltou a presença dos nossos queridos Avós para testemunharem a nossa felicidade neste dia.

Extra para lá de maravilhoso – se tenho de escolher um momento, talvez o de ir abrir a pista de dança ao lado do meu Pai. Foi muito bom sentir como estava orgulhoso.

Maior surpresa de todas para mim foi a dança dos padrinhos. Não estava nada à espera e foi um momento muito engraçado!

De forma diferente, teria feito a minha entrada na Igreja que suspeito ter sido a mais rápida na história  :)

ELE: Apenas ficaram a faltar os nossos avós.

O que foi para lá de maravilhoso foi o entrar na Igreja ao lado da minha mãe. Apesar de estar actualmente numa cadeira de rodas, fez questão e foi buscar todas as suas energias para dar alguns passos e conseguir acompanhar-me a andar desde a entrada da igreja até ao altar.  

A maior surpresa de todas foi a interpretação musical de duas das nossas músicas favoritas por um amigo nosso.

Não mudaria nada ao dia, para mim tudo foi perfeito.

thumb_IMG_7999_1024.jpg

thumb_IMG_8002_1024.jpg

 

Já conseguiram ler todos os postais que receberam? e as mensagens do livro de honra? Qual a mensagem que para vocês faz mais sentido?

Os dois: Ainda não lemos todas as mensagens, até porque o livro ainda está a deambular por quem não o escreveu no dia.

 

IMG_1122.JPG

 

A vossa escolha de lua de mel sempre suscitou alguns comentários como: "Mas vocês não vão descansar nada?”; "Têm a certeza do que vão fazer? tanto sitio?"… Valeu a pena? Faziam tudo de novo?

Ela: Sim, foi uma escolha arriscada. Não descansámos muito como é suposto numa lua-de-mel, não terminámos numa praia paradisíaca e SIM houve dias que pareceram intermináveis… só Namíbia fizemos 4.040 KM’s de camião em estrada (africana). Mas, valeu muito a pena. Foi uma viagem à nossa imagem, com muita aventura e a culminar em Victoria Falls no Zimbabwe -  que foi, sem dúvida, a cereja no topo do bolo por ser um lugar mágico.

ELE: Sempre tive uma paixão por África,  e esta nova experiencia não desiludiu, bem pelo contrário. Foi claramente uma viagem “dura” que não permitiu descansar mas que nos deixou mais ricos. Tudo foi maravilhoso, desde as pessoas,  o Deserto da Namíbia, até ao delta do Okawango bem como as fantásticas Victoria Falls.   

 

Natural Park Chobe (2).JPG

Natural Park Chobe (5).JPG

Natural Park Chobe (7).JPG

OKAVANGO DELTA (1).JPG

OKAVANGO DELTA (2).JPG

OKAVANGO DELTA (3).JPG

OKAVANGO DELTA (4).JPG

Natural Park ETOSHA (7).JPG

Squeletor coast & Cape Cross (1).JPG

 

Expliquem a quem não sabe como passaram a vossa lua de mel: destinos, trajetos, hotéis, aventuras.

Os dois: O roteiro escolhido foi Namíbia – Botswana e Victoria Falls no Zimbabwe, 22 dias de viagem que prometia ter muita aventura à mistura.

Estávamos inseridos num grupo com mais 15 espanhóis - porque a agência Ratpanat é espanhola - que embarcaram connosco na aventura e mais 4 pessoas da tripulação (o condutor, o cozinheiro , um ajudante para toda a parte logística e o guia).

Começámos a aventura na Namíbia sempre de camião onde fizemos muito deserto, KM’s pelo Namib-Naukluft National Park, passámos pelo Dead Vlei que significa algo semelhante a “charco morto” onde outrora foi um lago no meio do deserto e que hoje devido ás mudanças climatéricas está seco e cercado por enormes dunas de areia. Estivemos no parque nacional da costa dos esqueletos – que é uma zona muito árida onde termina o deserto e começa o oceano, e em cabo cross que é uma Reserva de milhares de focas.Terminámos a fazer safari no parque do Etosha ainda na Namíbia e entrámos no Botswana com chave de ouro na região do Delta do Okavango que é o maior delta interno do mundo – com uma paisagem muito distinta, agora muito verde, muita água e muitos animais também. Bostwana foi muito safari e muita savana. Tivemos a sorte de ver os BIG 5 -  os 5 grandes amimais: elefante, rinoceronte, búfalo, leão, leopardo - foi incrível!

Terminámos em grande no mítico Victoria Falls Hotel, um hotel colonial que guarda muita história e aqui sim, aproveitámos para namorar para relaxar e desafiarmo-nos no bungee jumping e num voo cénico de ultra leve pela na fronteira da Zambia – Zimabwe, em cima da imensidão das cataratas.

 

deserto (2).JPG

 

Camião RATPANAT (1).JPG

Camião RATPANAT (2).JPG

Camping selvagem.JPG

deserto_Dead Vlei JPG.jpg

Squeletor coast & Cape Cross (2).JPG

Squeletor coast & Cape Cross (3).JPG

Tribos (1).JPG

 

Qual foi o momento mais alto da viagem? Se não conseguem enumerar apenas um, enumerem os top 3?

Ela: mesmo o TOP 3 é difícil. O momento mais aguardado foi o do salto de bungee jumping que fizemos da ponte em Victoria Falls a 111 metros num dos mais emblemáticos sítios para o fazer. A adrenalina foi inexplicável. Os voos cénicos que fizemos na parte do deserto da Namíbia e do Delta do Okavango foram também pontos altos da viagem e claro que os safaris e a proximidade com os animais foram únicos.

ELE:

- O passeio pelos canais do Delta do Okavango;

- O voo de ultraleve sobre Victoria Falls;

- O salto de bungee jumping em Victoria Falls!!!

AFRICA COLOURS.JPG

DELTA OKAVANGO_Voo.JPG

 

Natural Park Chobe (1).JPG

OKAVANGO DELTA (6).JPG

 

O que vai mudar na vossa vida a partir de agora, sendo Marido e Mulher?

Ela: Hoje em dia já nem o cartão de cidadão muda de SOL para CAS. Já nos conhecemos há 11 anos, vivemos juntos há 4... diria que à vista desarmada não mudará nada. Continuamos a ser a Andreia e o Filipe a única diferença é que celebramos o nosso amor junto da nossa família e amigos.

ELE: Espero que não mude nada e que continuemos apaixonados e que sejamos ainda mais felizes a partir de agora.

safari.JPG


Aproveitem este espaço para passar a mensagem que queiram transmitir… à vossa escolha

Os dois: O dia do casamento é um dia incrível. Façam uma festa à vossa imagem, com as pessoas que realmente fazem sentido estarem presentes e não pensem demasiado… Aproveitem ao máximo e sejam autênticos!!!

deserto (1).JPG

IMG_1098.JPG

Voltando ao casamento e agora falando do look de ambos... A história contada recria um amor campestre, bucólico, muito romântico. Com detalhes trazidos dos anos 30 - o lado boémio - presente numa quinta de sonho - Quinta do Convento - entre as vinhas, os moinhos, os tons castanhos do campo vinhateiro, tudo compõe o quadro. E no canvas o que se vê e o que se sente é um dos "retratos" de casamento mais bonitos em que estive presente de coração e alma!

 

FullSizeRender-1.jpg

 

Noiva (Andreia)

Vestido: Joana Montez (alterado pela Noiva)

Sapatos: Rui Branco

Joías: Brincos de família (bisavó do noivo, oferecidos pelo marido como presente de primeiro ano de cssamento)

Cabelo e maquilhagem: Manubela cabelos e Ana Peralta make up

Detalhe: o cabelo... entrançado solto lateral, com flores campestres, muito romântico e enquadrado no conceito bucólico.

 

Noivo (Filipe)

Fato: Hugo Boss

Sapatos: Armando Silva

Joías: Botões de punho amigo Carlos Dias

Detalhe: Meias H&M com riscas iguais às dos Padrinhos!!!

 

 

O casamento #AndreiaeFilipe2016 foi Top, pois foi pensado, feito e concretizado com todo o vosso amor, dedicação e carinho. 

 

IMG_1154.JPG

 

 

2 comentários

Comentar post