Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

13
Jun17

À conversa com... Maria Ochôa da Dream Catchers

Estive algum tempo ausente da escrita no blog mas não foi por falta de vontade. Mas sim literalmente por falta de tempo. No entranto conheci de mais perto uma marca de vestuário muito especial - a Dream Catchers. Quando vos digo que é especial não o digo da boca para fora... e por me ter inspirado, por me ter dado vontade de conhecer mais o outro lado da marca que convidei a Maria Ochôa, a dona da Dream Catchers para o à conversa desta semana.

 

A Dream Catchers - Clothing & Accessories - nasce de uma vontade e de um sonho de trazer até ao Ocidente os valores, os tecidos, os cheiros, os símbolos da cultura Oriental. Dito por outras palavras - a essência, a raíz e matéria prima do Oriente até o Ocidente. O vestuário  (roupa, acessórios e complementos de praia) surge como resposta natural. Desde 2012 que a colecção nasce sempre duma pesquisa e de um trabalho de campo da Maria que viaja até à India e vai ela própria procurar, falar, conhecer e comprar tudo o que é indispensável a uma peça Dream Catchers. Tudo é escolhido ao mais infímo detalhe e posso dizer-vos que todos os detalhes importam. Desde os botões lindos, a um corte discreto numa camisa na área do pescoço, aos tecidos orgânicos, a quem se compra e terminando na confecção das peças que são feitas por pessoas que costuram cada pormenor com todo o coração e amor. As peças da Dream Catchers são absolutamente lindas, têm um toque único, um cheiro incrível, padrões étnicos e super atuais e cada peça respira amor e um enorme respeito!

Sem mais demoras apresento-vos a Maria, dona da Dream Catchers, e que vai conversar comigo sobre o seu projeto que acenta na economia sustentável e no fairtrade. 

Bem-vinda Maria e muito obrigada por este "bocadinho"!!! 

 

20170216_162816.jpg

Queres contar-nos como nasceu a marca "Dream Catchers"?

A marca nasceu após muitas viagens feitas à Índia, Tailândia e Israel, de mochila às costas. Foi no entanto o encantamento pela Índia que fez a marca nascer.

 

O significado de "Dream Catchers" é de "caçadores de sonhos", que relação queres que esta designação tenha com a marca que criaste e que comercializas?

A marca é para caçadores de sonhos, porque se acreditarmos conseguimos.

 

Como nascem as peças da "Dream Catchers"? E qual a "viagem" que fazem desde que é escolhido o tecido até o consumidor final?

As peças são desenhadas por nós, levadas para a Índia onde os moldes são feitos e os tecidos escolhidos depois de percebermos como queremos que a pessoa se sinta quando veste a peça. Sempre confortável. As fibras sintéticas, aparecem apenas em forros, privilegiamos  os materiais naturais e cada vez mais o orgânico.

Toda a nossa colecção é feita de pessoas para pessoas, acreditamos em economias sustentáveis em que se dá o valor real da peça a qualquer serviço ligado a nós.

 

DC 2.jpg

 

As roupas "Dream Catchers" são muito especiais e por trás de cada peça há historias extraordinárias.

Queres partilhar connosco alguma que te tenha tocado no coração?

Temos muitas histórias, umas alegres outras menos simpáticas. Cada peça tem o cunho de muitas pessoas, desde a que desenha, até a que recebe o produto.

As histórias de cada um fazem com que a dream catchers seja uma realidade inabalável.

As que prefiro estão sempre na Índia onde o pensamento do oriente se cruza com o ocidente.

Recordo que uma vez jantei em casa da uma familia do Vijay (pappu) que trabalhava com um dos nossos fornecedores, sentados no chão, com uma família de 8 pessoas, em que 5 eram crianças de todas as idades. Não haviam talheres  mas não nos assustamos, as crianças deliravam connosco e nós com elas sem que soubéssemos falar uma língua em comum para além da gestual. Foi das experiências mais marcantes destas minhas viagens.

Voltámos para casa tarde de carroça puxada por um camelo - in india be a indian - , tivémos a sorte de estar lua cheia e de vermos bem todo o caminho que pareceu mágico.

 

Até onde vai a marca "Dream Catchers" e qual é o teu objetivo pessoal neste projeto?

A marca luta para ser 100% orgânica sem produtos geneticamente modificados e feito com tintas naturais, um desafio muito grande para os dias que correm.

 

Como defines a Mulher "Dream Catchers"?

A mulher Dream Catchers procura diferenciar-se, é aventureira e capaz, é espiritual, consegue ser atenta aos outros e aos seus problemas acreditando que somos todos 1.
É uma mulher como tantas outras que quer seguir os seus sonhos de forma serena e altruísta nunca esquecendo que sem os que a rodeiam não chegará lá.

Procura sempre superar-se de todas as maneiras.

 

Quais os principais atributos da marca e o que a distingue das outras demais no mercado?

Padrões diferenciados, conforto, uso de materiais naturais e orgânicos. Marca Fairtrade (comércio justo).

DC 1.jpg

 

Como se podem adquirir as peças Dream Catchers?

Atravês do site: www.dreamcatchers.pt e no showroom às quintas-ferias na Avenida de Madrid nº 21C. Espero por vocês lá!!!

 

Quais as tendências Dream Catchers para este verão?

Peças frescas e muito confortáveis, com apontamentos orgânicos. 

#gogreen

 

 

Deixa uma mensagem aos leitores da Inês3D.

Dream on dream!

 

Espreitem o site, visitem o showroom e não percam de vista esta "Dream Catchers", a marca que ainda vai dar muito que falar.

2 comentários

Comentar post