Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

Inês3D

Inês3D nasce da necessidade de escrever, de partilhar momentos, emoções, dicas, pensamentos... acerca de mim, da minha família e daquilo que considero relevante os outros saberem. Sem nunca ser demais, sem ser de menos...

03
Out16

Nunca é tarde para recordar - Indonésia (Bali) - parte final

O último destino, onde pernoitamos, da nossa lua de mel foi Nusa Dua Beach. É uma zona de resorts de luxo em Bali e o local perfeito para "sopas e descanso". Ficámos uma semana nesta zona, alojados no Westin Resort, situado na linha da água. O hotel é excelente e oferece todo o tipo de serviços. Restaurantes mais simples e familiares, outros mais exclusivos e românticos, espreguiçadeiras e camas na praia de areia branca, piscinas, baby club, cabeleireiro, spa e centro de congressos. É um resort com todas as mordomias que queriamos, excepto e não me levem a mal, com demasiadas famílias. Que em nada nos incomodaram, mas as saudades dos nossos já eram muitas e ver as famílias juntas com os seus filhos fez nos ficar nostálgicos. Se procuram hotel sem ser familiar este não é opção. Nesta zona de hotéis habitam uns dóceis esquilos que a troco de sementes vêm até às mãos buscar mimos. São muito fofos.

O quarto era ótimo, espaçoso, boa casa de banho e com ótimos acessos. Os empregados do Hotel sempre muito disponíveis e com um inglês perfeito. O pequeno-almoço era bastante variado, até produtos gluten free tinham, imensa fruta, crepes, iogurte, cereais, ovos e até pratos quentes como noodles, sopas etc.

A praia de Nusa Dua é excelente, água quente, transparente, areia branca,muito limpa, forma uma baía em frente ao hotel. Na maré baixa é possível fazer passeios até quase ao recife que separa o mar da baia, com maré alta é o sítio perfeito para nadar, fazer mergulho e ou fazer absolutamente nada. 

Nusa Dua - As fotos são exemplo, tem de se ir para perceber o tão bom que mergulhar nesta água quente e transparente.

Os resorts são todos juntos e é possível fazer de hotel a hotel através de um caminho - promenade - que atravessa todos os hoteis. Como fomos em regime de APA, iamos sempre almoçar a um centro comercial que ficava a 10 minutos a pé que tinha bastante oferta de refeições, lojas e massage spots. Entrem, pagam 7 euros e durante 30 minutos fazem-vos uma foot massage inesquecível. Vale a pena!!!! Nós fizemos bastantes vezes e deviamos ter feito mais.

Atividades que fizémos, vários passeios pelo promenade, a pé e de bicicleta (alugámos no hotel), e à noite saimos duas vezes do resort em direcção à zona onde os locais habitam. Mais confuso, boa oferta de restaurantes e algumas lojas de souvenir. Encontrámos farmácia e mini mercado.

Pelo meu marido tínhamos ficamos a semana inteira no hotel mas eu tinha de ir conhecer mais sítios. E por sugestão fomos um dia a Kuta. Esta praia é muito conhecida em Bali e é um dos sitios, que já foi sem dúvida, dos mais procurados. Hoje em dia tem excesso de turistas, e torna-se feio, caótico e pouco atrativo. Demos uma volta pela praia e pela vila e chegou. O Carlos fez surf e eu fiquei na areia a observar e a apanhar sol. Há imenso comércio, lojas de Surf - Hurley, Billabong, Quicksilver, 69 Slam, Vans - mas os preços não são muito mais baratos. Falaram-nos numa zona de outlets na estrada que liga Kuta a Seminiak e fomos espreitar, uma das lojas chama-se Surf Factory Outlet. Apanhámos um Táxi e pedimos para parar na zona das compras. Aí sim conseguimos comprar bem e bem mais barato - Hurley, Billabong e Quicksilver. Recomendo!!!! 

As poucas fotos que tirámos em Kuta. Tem ótimas ondas mas a quantidade de surfistas locais na água é assustador.

Um sítio que recomendamos sem dúvida alguma é ir a Seminyak. Esta localidade fica na continuidade da Praia de Legian (outra badalada zona cheia de lojas, restaurantes e bares). Tínhamos uma reserva de restaurante e por isso fomos até esta zona, como chegámos antes da hora. Pedimos ao motorista para nos levar até perto da praia. Percebemos que era bastante diferente de Kuta pelo número de pessoas. Chegámos à praia e esta era uma praia diferente das outras. A areia mais escura, o mar mais aberto, sem recifes, boas ondas e algumas pessoas a passear pela praia. Começámos a passear e o sunset estava próximo. Ao irmos caminhando fomos ouvindo música proveniente dos bares e hoteis na linha da praia até que chegámos perto de um onde entrava gente muito gira e de fora via-se que era bem frequentado. Fomos espreitar! Entrámos no Ku De Ta, um beach club famoso da zona. E que por coincidência tínhamos estado em Singapura no Marina Bay. Nesta praia, todos os dias centenas de pessoas de reúnem-se ali no fim de tarde para beber ao som de DJ’s e curtir um pôr-do-sol dos mais inesquecíveis de Bali. Adorámos o ambiente, as pessoas, as bebidas e o Sunset. Decidimos que teríamos de lá voltar. Saímos do Ku De Ta e fomos passear antes de jantar.

As principais ruas dali, para se orientarem, são as Jalan Oberoi (também chamada de Kayu Aya) e Raya Seminyak. A primeira é o spot dos restaurantes, cafés, lojas e onde fica o shopping Seminyak Square. 

Em Bali come-se muito bem, eles sabem servir, super healthy, e com um empratamento sempre exemplar.Não me lembro de nenhum sitio para vos recomendar, mas porque também não tivémos nenhuma má experiência. 

Um must place, sem dúvida, além de ser muito giro tem lojas de roupa (caras) linda e de decoração - compram-se aqui bons móveis de estilo balinês.

Outra experiência muito gira que tivémos oportunidade foi de ir até Sanur, ao Rip Curl Surf School e fazer uma aula de SUP. Foi muito divertido, muito bonito e uma ótima maneira de nos distrair. O professor era Italiano e tinha-se mudado para Bali há 6 anos, casado com um local, já tinha 3 filhos e dava aulas para ganhar dinheiro. Fizémos aula de 2 horas na baía, faltou-nos coragem de passar o recife e ir sentir a adrenalina das ondas. Mas a palavra tubarão afastou-nos!!! 

Sanur é uma zona mais calma de hoteís mas pareceu-nos menos apetivel do que as outras que tivémos.

Durante a lua de mel, não optámos por alugar motociclo, pois não somos pessoas experientes nessa área e optámos por táxi. Em média fica em 30 euros o transporte de Nusa Dua até Kuta, por exemplo. Em Ubud, do nosso hotel até a cidade custava 5 euros. As viagens são seguras apesar do trânsito e os motoristas, simpáticos e atentos. 

A última semana de lua de mel, foi maravilhosa, super zen e muito bem aproveitada.

Bali é sem dúvida um destino de sonho, com inúmeros sítios a visitar e certamente ficaram outros por ver - Uluwatu, Jimbaran, Ubud Monkey Forest, Mount Batur...